sábado, 4 de junho de 2011

Grécia - Berço da Civilização Ocidental + Paidéia

[Grécia] Políticos são atacados por manifestantes e fogem de barco na ilha de Corfu
Na noite de quarta-feira (01 de junho), por volta das 22h30, centenas de "indignados", na ilha de Corfu, se reuniram em torno de um restaurante chamado Velha Fortaleza, onde estava acontecendo um jantar para os eurodeputados que participam em questões de imigração e refugiados na Europa.
Entre os eurodeputados presentes no jantar estava a ministra do Trabalho, Anna Dalara, Ntinos Vrettos, deputado do Pasok (Partido Socialista Grego), Angela Gerekou e Nikos Dendias, que é também vice-presidente do Conselho de Refugiados, entre outras autoridades.
Os manifestantes bloquearam a saída do restaurante, evitando que os políticos pudessem sair e começaram a gritar slogans como "ladrões" e "traidores", entre outros. Como resultado, foi enviado uma embarcação para a ministra, os eurodeputados e autoridades, para que pudessem deixar a ilha sem grandes transtornos.
O porta-voz do governo sob ataque
O porta-voz do governo grego Yiorgos Petalotis foi atacado e vaiado pelos cidadãos do bairro de Argyroupolis, em Atenas, onde participava de um ato do partido no poder, o Pasok. Mais de 50 pessoas o estavam esperando na porta, e, quando ele chegou, começou o ataque verbal e o lançamento de ovos, iogurtes e pedras. A multidão foi repelida pela polícia.
Este tipo de incidentes está crescendo na Grécia desde que o país entrou em recessão. O episódio mais grave até agora foi o espancamento do ex-ministro grego dos transportes Kostis Hatzidakis, quando este saia do Parlamento, em 15 de dezembro passado.
O vice-primeiro-ministro grego Theodoros Pangalos foi atacado por manifestantes várias vezes nos últimos meses.
Em setembro passado, o radiologista de 60 anos, Prapavesis Stergios, jogou um sapato contra o primeiro-ministro grego George Papandreou, quando ele deixava um evento internacional em Tessalônica.
O ministro da Saúde, Andreas Loverdos, foi forçado a deixar a apresentação do seu livro no início de março, após um grupo de cidadãos entrar na livraria em que estava acontecendo o evento e começar a insultá-lo. O deputado da oposição, da Nova Democracia, Aris Spiliotopoulos, também estava presente e teve de deixar o local entre vaias e insultos.
Os ataques contra funcionários do governo grego no último ano e meio já totalizam mais de 90.
vídeos:
agência de notÃícias anarquistas-ana
gota no vidro
um rosto na janela
olhar perdido
Carlos Seabra
Discussão Libertária!! forumlibertario@grupos.com.br 
 
----------------------------------------------------------------------------------------
Post do KRISIS que resume alguns acontecimentos na Grécia [clique aqui]

2 comentários:

  1. inspiradores "esses tipos de incidentes" hauahuah

    ResponderExcluir
  2. a gente também podia "causar" alguns "incidentes", né?

    ResponderExcluir